Perseguição policial acaba com troca de tiros e homem morto em Chapecó

Contrabandistas teriam tentado jogar carro contra a PM, que reagiu e atirou contra um dos envolvidos

Por Jhonatan Coppini

13/03/2018 00:42 - Atualizado em 13/03/2018 11:32


Perseguição policial terminou com um dos criminosos mortos em Chapecó (Fotos: Polícia Militar)

Uma perseguição policial terminou com um criminoso morto no final da noite desta segunda-feira, dia 12, no município de Chapecó. O homem envolvido na troca de tiros com a Polícia Militar acabou morrendo na Avenida Getúlio Vargas.

 

Cristiano Ribeiro, de 32 anos, estava em uma caminhonete Amarok carregada de cigarro. As autoridades tentaram abordar o veículo ainda no Bairro São Pedro, mas o motorista resolveu fugir, jogando inclusive o carro contra a PM. Duas pessoas em outros dois veículos que davam cobertura ainda foram presas.

 

No compartimento de carga da Amarok a PM apreendeu uma considerável quantidade de cigarro. A dupla presa ocupava uma S10. Além da caminhonete, uma Fiat Toro, também carregada de cigarro, foi apreendida enquanto estava estacionada, possivelmente para ser pega depois. Um policial militar acabou ferido na perna, mas sem gravidade.

 

Os presos são homens de 27 e 32 anos, que confessaram estarem atuando como batedores da Amarok. A PM ainda segue em busca de outros suspeitos envolvidos no crime.






COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.