Operação da Polícia Ambiental monta barreiras, vistoria veículos e aborda centenas de pessoas

Trabalho foi realizado por 93 policiais da Serra, Planalto Norte, Oeste e Meio-Oeste de SC

Por Oeste Mais

21/06/2019 09:22



Polícia Ambiental atuou na fiscalização de centenas de veículos (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar Ambiental realizou 45 barreiras, vistoriou 252 veículos e abordou 399 pessoas durante a Operação Insecta, que ocorreu entre as 7 horas de quarta-feira até a 1 hora da madrugada de quinta-feira, dia 21, em Santa Catarina.

 

O trabalho foi desenvolvido nas regiões das nove unidades de abrangência do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental. Foram empregados 93 policiais da Serra, Planalto Norte, Oeste e Meio-Oeste. Além das abordagens, houve palestras sobre educação ambiental para 277 alunos de escolas do meio rural.

 

“Não tivemos apreensões e notificações, só encaminhamos um boletim de ocorrência para um município da Serra catarinense fazer a limpeza de uma área de preservação ambiental. Em outro município da Serra acionamos a Cidasc para verificar o transporte de bovinos”, disse o comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, tenente-coronel Adair Alexandre Pimentel, ao NSC Total.

 

Insecta significa fauna em latim. A operação visou orientar sobre e a legislação e educação ambiental, realizar ações de polícia ostensiva para prevenir, fiscalizar e repreender crimes ambientais. Também serviu para fortalecer a integração com as comunidades rurais.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.