‘Nunca fez mal a ninguém’, diz familiar de idoso encontrado morto em Passos Maia

Homem de 73 anos foi encontrado perto de residência incendiada no interior do município

Por Oeste Mais

22/07/2019 11:57 - Atualizado em 22/07/2019 11:57



Fidelcino Marques dos Santos tinha 73 anos (Foto: Reprodução/Oeste Mais)

A polícia investiga a morte de Fidelcino Marques dos Santos, de 73 anos, que teve o corpo encontrado perto de uma residência incendiada no final da tarde de domingo, dia 21, na comunidade Dom Carlos, no interior de Passos Maia.

 

O idoso era pai de três filhos — duas mulheres e um homem — e morava sozinho na localidade há mais de 20 anos, onde trabalhava como caseiro. “Ele nunca fez mal a ninguém, vivia mais sozinho, com os patrões dele, não gostava muito de sair de casa”, conta um familiar, que prefere não se identificar.

 

O corpo da vítima foi encontrado a cerca de 200 metros da moradia destruída pelo fogo. Conforme a Polícia Civil, Fidelcino estava em um curso d’água e apresentava ferimentos na cabeça. A principal hipótese é de homicídio.

 

De acordo com a Polícia Civil, os indícios são de assassinato. Um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias do crime e a relação da morte com o incêndio na moradia. Nenhum suspeito tinha sido preso até o final da manhã desta segunda-feira, dia 22.

Casa foi destruída por incêndio no interior de Passos Maia (Foto: Redes Sociais)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.