Mulher destrói a marretadas imagem de Iemanjá em Florianópolis

Responsável por centro de religião africana registrou boletim de ocorrência

Por Oeste Mais

20/09/2019 09:16



Imagem de Iemanjá foi depredada a marretadas (Foto: Diane Rodrigues)

Uma mulher ainda não identificada depredou a marretadas uma imagem de Iemanjá na manhã desta quinta-feira, dia 19. Caso de intolerância religiosa foi registrado em Ribeirão da Ilha, na capital.

 

A imagem de Iemanjá pertence ao centro de religião africana Ilê de Xangô. A responsável pelo centro, Diane Rodrigues, lamentou o caso e registrou um boletim de ocorrência.

 

De acordo com a Polícia Civil, a mulher ainda não foi identificada. Os moradores da região não conhecem a autora dos atos de vandalismo e intolerância religiosa.

 

A polícia pede que novas informações sobre o caso sejam repassadas através do 181, número do disque-denúncia. O caso é investigado pela 2ª Delegacia de Polícia da Capital.

Caso de intolerância religiosa e vandalismo foi registrado na capital (Foto: Diane Rodrigues)

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.