Megaoperação contra o tráfico prende 23 pessoas no Oeste

Trabalho contou com a atuação de mais de 100 policiais e 42 viaturas

Por Oeste Mais

17/10/2014 22:43 - Atualizado em 31/01/2018 23:11



Uma megaoperação foi deflagrada pela Polícia Civil nesta sexta-feira, dia 17, em Maravilha, contra a maior organização criminosa envolvida com o tráfico e a associação para o tráfico de maconha, cocaína e ecstasy de Maravilha e região.


Ao todo foram presas 23 pessoas. A ação foi denominada de Operação Ostentação em razão da forma como os traficantes esbanjavam dinheiro na compra de veículos, com gastos em festas e roupas de marca.


A Operação, que contou com 103 policiais e 42 viaturas, estava sob a coordenação da delegacia de Maravilha. O trabalho contou com o apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de São Miguel do Oeste, Polícia Civil de Concórdia, de Pinhalzinho, de Chapecó, de Canoinhas, de Xanxerê, de São Lourenço do Oeste, São José do Cedro, Mondaí, Anchieta, Cunha Porã, Dionísio Cerqueira, Itapiranga, além de 12 policiais militares de Maravilha. O cumprimento dos mandados ainda teve o apoio de quatro cães de faro – do Canil da Polícia Civil de São Lourenço do Oeste e Canoinhas – e do helicóptero da Polícia Civil (SAER de Chapecó).


Esta quadrilha – extremamente atuante no comércio de drogas em festas, boates e baladas – era investigada há 150 dias, num trabalho de equipe da delegacia de Maravilha, com o apoio da DIC de São Miguel do Oeste e da Polícia Militar de Maravilha.


Foram levantadas várias informações de como a droga era adquirida (fornecedores de Chapecó e de Foz do Iguaçu) e revendida na região. “Eles utilizavam-se de armas de fogo para a cobrança a usuários de drogas inadimplentes, demonstrando toda a periculosidade destes marginais”, disse o delegado de Maravilha, Daniel Régis.


A Operação foi coordenada por ele, de Maravilha, e os delegados Albert Silveira (DIC de São Miguel do Oeste) e Ricardo Casagrande (Regional de São Miguel do Oeste). O comando da ação foi da delegada Tatiana Klein Samuel, diretora de Polícia de Fronteira.


Outros envolvidos e detidos


Em 14 de julho deste ano, foram detidas duas pessoas integrantes desta quadrilha. Com elas foram apreendidos 99 buchas de cocaína na cidade de Pinhalzinho.


No mês seguinte, em 23 de agosto, mais dois homens foram presos com 1,1 quilo de cocaína. Alguns dias antes, dia 15 deste mesmo mês, foram apreendidas cargas de cocaína, maconha e ecstasy da organização criminosa.







COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.