Mãe de menina autista é presa suspeita de acobertar estupros praticados pelo próprio companheiro

Polícia Civil cumpriu o mandado de prisão preventiva nesta semana

Por Oeste Mais

20/09/2019 09:57 - Atualizado em 20/09/2019 09:57



Uma mulher de 34 anos foi presa nesta quarta-feira, dia 18, suspeita de acobertar estupros cometidos pelo companheiro contra a própria filha autista. A prisão ocorreu em Joinville, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva.

 

O caso foi denunciado em 2016, na época a criança tinha nove anos. O companheiro da mãe foi preso no início deste ano supeito de estupro de vulnerável.

 

Segundo a delegada que investiga o caso, Georgia Bastos, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso, durante a instrução do inquérito policial houve suspeitas de que mãe era conivente, mas não havia provas suficientes. Somente durante a instrução da ação penal foi possível provar que a mulher acobertava as práticas criminosas do companheiro.

 

No momento da prisão, mãe e filha estavam no Núcleo de Assistência Integral ao Paciente Especial (Naipe), onde a menina faz acompanhamento.

 

A polícia foi acionada por uma funcionária do Naipe, após a mãe comentar na instituição que pretendia ir embora para São Paulo, onde uma irmã mora. A mulher ainda comentou que desmentiria o estupro.

 

A mãe foi levada para o Presídio Regional de Joinville. Ela poderá responder por omissão no caso do estupro de vulnerável. O Conselho Tutelar acompanha o caso.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.