Ex-prefeito de Lindóia do Sul é encontrado morto em árvore perto de casa onde morava

Hipótese de suicídio é a mais aceita pelas autoridades neste início de investigações

Por Oeste Mais

04/06/2016 11:15 - Atualizado em 31/01/2018 23:11



Adierson Bussolaro, que completaria 44 anos no dia 14 de junho, foi encontrado morto em Lindóia do Sul (Foto: Rádio Rural)

O ex-prefeito de Lindóia do Sul e uma das principais lideranças do Partido da República (PR) na região, Adierson Bussolaro, de 43 anos, foi encontrado morto na madrugada deste sábado, dia 4, em Lindóia do Sul. A principal hipótese é suicídio. A vítima completaria 44 anos no próximo dia 14 de junho.

 

O corpo foi encontrado a cerca de 80 metros da residência onde o ex-prefeito morava, perto da Igreja Matriz do município, em uma árvore. O Instituto Médico Legal (IML) e Instituto Geral de Perícias de Concórdia (IGP) foram acionados.

 

Bussolaro deveria participar neste sábado de um evento do partido no litoral do estado. Ele inclusive teria conversado com o vereador de Concórdia, Edilson Massocco, companheiro no PR, na noite de sexta-feira, dia 3. Conforme o vereador, o ex-prefeito não tinha transparecido nada de anormal.

 

Carreira

 

Adierson Bussolaro teve uma passagem marcante na vida pública de Lindóia do Sul. Na primeira vez em que foi candidato a prefeito, então no PT, venceu grandes forças políticas do município. Foi prefeito por duas vezes e conseguiu eleger o sucessor. Depois teve uma trajetória em Brasília como assessor do deputado federal Pedro Uczai

 

Após uma história de conquistas com o PT, Bussolaro decidiu mudar de sigla. Ele, assim como muito petistas, estavam descontentes com os rumos do país e a forma como a sigla vinha sendo conduzida nacionalmente. O ex-prefeito então se filiou ao PR, do deputado Jorginho Mello.

 

No novo partido Bussolaro começou um forte trabalho de mobilização para fortalecer o PR na região. Chegou a fazer um convite para o deputado Neodi Saretta (PT). O ex-prefeito seria uma das grandes forças na disputa do pleito em Lindóia do Sul nas eleições deste ano.

Com informações da Rádio Rural


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.