Empresária de Piratuba é vítima de golpista que se passou por juiz

Proprietária de uma floricultura colocou créditos no celular de um suposto comprador

Por Oeste Mais

16/05/2019 15:38



Uma empresária de Piratuba foi vítima de um golpe no início desta semana, quando inseriu R$ 100 de crédito no celular de um estelionatário.

 

De acordo com a vítima, o homem ligou para o telefone da empresa de floricultura se apresentando como juiz e solicitando a entrega de flores no quartel da Polícia Militar, aos cuidados de um tenente. O golpista alegou que desejava presentear a esposa pelo aniversário de casamento, e que uma secretária iria buscar.

 

Inicialmente a empresária não desconfiou, pois é um procedimento normal da loja a entrega de flores. Porém, como a ligação caía a todo o momento, o “suposto” juiz pediu para conversar pelo WhatsApp, quando solicitou que ela inserisse créditos, prometendo pagar o valor junto com a flor. A mulher chegou a comprar os créditos, mas  desconfiou que se tratava de um golpe quando o homem pediu mais créditos, alegando que o valor não havia sido inserido em sua linha.

 

A empresária ligou para a Polícia Militar e constatou que não havia nenhum tenente com o nome mencionado pelo estelionatário. Os policiais alertaram sobre o golpe e a orientaram a fazer um boletim de ocorrência.

Com informações do Grupo Magronada


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.