Após morte de piloto em arrancadão, comissão vistoria segurança de pista em Chapecó

Trabalhos ocorreram na manhã desta quarta-feira, no Parque da Efapi

Por Oeste Mais

14/08/2019 13:53



Uma comissão especial criada pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) para apurar as causas do acidente que provocou a morte de Ivan Possamai Júnior, de 42 anos, realizou na manhã desta quarta-feira, dia 14, uma vistoria na pista no Parque da Efapi, em Chapecó.

 

O piloto morreu quando participava da 3ª Etapa do Campeonato Sul Brasileiro de Arrancada, no dia 4 de agosto.

 

Segundo vice-presidente da Federação de Automobilismo de Santa Catarina (Fauesc), Airton Carraro, que também esteve no local, foram analisadas as condições de segurança da pista e se será necessário fazer ou não alterações.

 

Conforme a CBA, a comissão trabalhará com o objetivo de aumentar os padrões de segurança, verificar problemas e minimizar riscos. A comissão, formada por representantes da própria CBA, irá fazer um relatório no prazo de 30 dias, com o resultado das análises.

 

A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar o caso no dia do acidente. O delegado responsável, Willian Meotti disse que aguarda algumas diligências e o laudo pericial para a conclusão dos trabalhos.

 

Também foram realizadas oitivas e levamento de documentos. "Estamos aguardando algumas diligências e o laudo pericial", explicou.

Grave acidente ocorreu na manhã do último dia 4 (Foto: Corpo de Bombeiros)

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.