Alunos vão parar no hospital após inalarem gás durante princípio de incêndio em maquete

Alunos usavam utensílios para queimar os materiais, altamente inflamáveis

Por Oeste Mais

10/07/2019 13:56



Cerca de 11 estudantes da segunda série do ensino médio de uma escola estadual foram levados ao hospital na tarde desta terça-feira, dia 9, em Braço do Norte, no Sul do estado.

 

O caso foi registrado após inalarem gases durante um princípio de incêndio, informou o Corpo de Bombeiros. O fogo começou enquanto os estudantes faziam maquetes de isopor e espuma expansiva. Os alunos, de idades entre 16 e 17 anos, tiveram alta, conforme a direção do hospital.

 

Princípio de incêndio ocorre em escola durante confecção de maquete por estudantes (Foto: Corpo de Bombeiros)

No trabalho para fazer as maquetes, os alunos usavam utensílios para queimar os materiais, altamente inflamáveis.

 

O fogo foi apagado pelos próprios seguranças da escola e estudantes com extintores de incêndio. Segundo os bombeiros, foram usados três extintores de pó da própria unidade de ensino.

 

Os alunos levados ao hospital apresentavam sintomas como tosse, irritação na garganta e desconforto respiratório, de acordo com os socorristas.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.