Padrasto é preso acusado de estuprar enteada por quatro anos em Chapecó

Crime foi descoberto após menor de 16 anos tentar suicídio.

Por Redação Oeste Mais

24/06/2022 15h11 - Atualizado em 24/06/2022 16h41



Homem recebeu voz de prisão nesta sexta-feira (Foto: Diego Antunes/ND Mais)

Um homem de 42 anos foi preso nesta sexta-feira, dia 24, acusado de estuprar a enteada no município de Chapecó. A vítima, de 16 anos de idade, disse à polícia que o crime estava acontecendo há cerca de quatro anos.

 

O caso foi descoberto após a adolescente tentar tirar a própria vida. A Polícia Militar foi acionada quando a menina já estava sendo atendida em uma unidade de saúde, com lesões no antebraço esquerdo.

 

Ao ser questionada pela equipe médica sobre a razão da tentativa de suicídio, a menor disse que vem sofrendo abuso sexual por parte do padrasto.

 

A PM localizou o homem, que admitiu "ter passado somente a mão na enteada". Ele foi preso em flagrante e levado para a Central de Plantão Policial (CPP) de Chapecó.

 

Ainda de acordo com a Polícia Militar, a menor relatou que o avô, pai de seu padrasto, também abusou dela em algumas oportunidades. Uma irmã dela também teria sido vítima do padrasto, informou ainda a adolescente. A Polícia Civil vai investigar o caso.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.