Homem que esfaqueou ex-companheira utilizou viatura da saúde para ir até endereço da vítima

Mulher e atual companheiro foram golpeados com facadas na manhã desta quarta-feira

Por Redação Oeste Mais

23/06/2022 11h10 - Atualizado em 23/06/2022 11h10



Um homem de 39 anos, acusado de golpear a ex-companheira com facadas na manhã desta quarta-feira, dia 22, em Caibi, no Oeste de Santa Catarina, utilizou uma viatura da saúde para ir até o endereço da vítima.

 

Segundo a Polícia Civil, o suspeito é funcionário da prefeitura de Riqueza, Extremo-Oeste catarinense.

 

O homem foi preso em flagrante em Frederico Westphalen, no Rio Grande do Sul, após cerco da Polícia Militar catarinense, Brigada Militar e Polícia Civil gaúcha.

 

O delegado Lucas Almeida explica que o autor teria ido até a casa da ex-companheira numa viatura da saúde do município de Riqueza, para praticar o esfaqueamento.

 

Em seguida, ele deixou a viatura e fugiu com o próprio carro, uma Toyota/Hillux, em direção a Frederico Westphalen (RS).

 

O delegado explica que as vítimas só não morreram devido ao atendimento rápido da saúde, sendo que o atual companheiro da mulher corria risco de morte e foi conduzido para atendimento no Hospital Regional do Oeste, de Chapecó, onde realizou uma cirurgia.

 

A mulher relatou aos policiais que o ex-companheiro invadiu a residência com uma faca e começou a golpeá-la, com intenção de matar. 

 

Ela teve lesões no braço e na mão, já o companheiro, teve ferimentos no peito e nas costas.

 

Após o fato, as policias de SC e RS fizeram um cerco para a captura do autor, que ainda tentou fugir com ajuda de um familiar.

 

Ele foi conduzido até delegacia de Palmitos e durante interrogatório, permaneceu calado. Após, foi encaminhado ao presídio de Chapecó, onde permanece preso.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.