Mulher é presa por injúria racial durante atendimento médico no RS

Segundo boletim de ocorrência, paciente teria dito "não toca em mim, negra suja” para enfermeira

Por Redação Oeste Mais

22/06/2022 08h19 - Atualizado em 22/06/2022 08h19



Uma mulher foi presa em flagrante nesta segunda-feira, dia 20, após proferir ofensas racistas contra uma técnica de enfermagem do Samu de Tramandaí, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, durante atendimento médico.

 

De acordo com o boletim de ocorrência registrado após o caso, as palavras usadas pela paciente contra a enfermeira durante o atendimento foram “preta nojenta, não toca em mim, negra suja”.

 

O Samu foi acionado para atender a mulher, aparentemente em surto, por volta das 17 horas.

 

Como a paciente demonstrava agressividade contra a equipe de saúde, a Brigada Militar também foi acionada para acompanhar o atendimento. 

 

Um policial militar foi agredido com tapas pela paciente, de acordo com o boletim de ocorrência.

 

A mulher foi autuada em flagrante pelos crimes de injúria racial, lesão corporal leve e desacato. Ela está detida e à disposição da Justiça. Segundo o delegado Thomas Lisboa Ferreira, que atendeu o caso, "ela estava alterada, muito agressiva".

 

De acordo com Luciano Von Saltiel, secretário municipal de Saúde de Tramandaí, a pasta foi colocada à disposição da enfermeira que sofreu as agressões. A profissional segue trabalhando no Samu.

Com informações do g1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.