Durante investigação, polícia localiza cerca de 100 pássaros silvestres em residência no litoral

Morador de 44 anos mantinha aves de diversas espécies em cativeiro

Por Redação Oeste Mais

13/05/2022 10h38 - Atualizado em 13/05/2022 10h38



Polícia encaminhou homem até a delegacia (Foto: Polícia Civil)

Na tarde desta quinta-feira, dia 12, a Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Investigação de Crimes Ambientais e Crimes contra as Relações de Consumo (DCAC), cumpriu um mandado de busca e apreensão em uma residência localizada no bairro Cachoeira, em Biguaçu, na Grande Florianópolis.

 

A ação apurava a suspeita de crime ambiental de cativeiro de espécimes da fauna silvestre, sem licença ou autorização ambiental.

 

No local, foram encontradas diversas espécies de pássaros da fauna silvestre, cerca de 100 aves, sem anilhas de identificação ou permissão.

 

O morador da residência, de 44 anos, foi conduzido à delegacia para a lavratura de Termo Circunstanciado. Na sequência, o homem foi liberado.

 

Os pássaros foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestre de Santa Catarina, para o devido destino.



Na casa havia cerca de 100 pássaros (Fotos: Polícia Civil)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.