Caminhoneiros sequestrados em frete de fertilizantes ficaram em galpão por dois dias, diz polícia

Local do cárcere estava em situação precária e vítimas foram resgatadas apenas quando uma delas conseguiu fugir e pedir ajuda

Por Redação Oeste Mais

04/04/2022 19h23 - Atualizado em 04/04/2022 19h28



Local era bastante sujo como mostra nas imagens divulgadas pela polícia (Fotos: Divulgação/PM/g1)

Os três caminhoneiros que foram sequestrados na última sexta-feira, dia 1º, e mantidos em cativeiro por dois dias, em Joinville, no Norte de Santa Catarina, estavam presos em um galpão.

 

Conforme divulgado pela Polícia Militar, o local onde as vítimas de 43, 41 e 34 anos estavam era bastante sujo, uma situação precária, com muito lixo no ambiente, roupas jogadas pelo chão, sapatos e demais objetos.

 

Segundo o g1, eles só foram resgatados no domingo, dia 3, depois que uma das vítimas conseguiu fugir e chamar a PM.

 

O crime

 

De acordo com a polícia, os homens foram contratados para realizar um frete de fertilizantes e acabaram sendo roubados e ameaçados pelos supostos proprietários da carga. 

 

O trio faria um frete até o estado do Paraná, porém, no momento da negociação, foram abordadas pelos suspeitos, que anunciaram o assalto com um revólver calibre 38 e em seguida, levaram os caminhões.

 

As vítimas relataram ainda que foram obrigados a ingerir medicamentos e bebidas para que ficassem dopados, não sabendo relatar com precisão o local que estariam.

 

Diante dos fatos, os três foram encaminhados ao hospital para exames. Em relação aos caminhões, foram feitos levantamentos pelas câmeras de identificação de placas da BR-101, mas nenhum foi localizado até o momento.






COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.