Médico é preso suspeito de estuprar paciente dentro de posto de saúde em SC

Desde que o inquérito teve início, outras vítimas já foram identificadas na cidade

Por Redação Oeste Mais

01/10/2021 14h00 - Atualizado em 01/10/2021 14h00



Um médico de 64 anos foi preso nesta sexta-feira, dia 1°, suspeito de estuprar uma paciente dentro de um posto de saúde em Joinville, no Norte catarinense.

 

Segundo a Polícia Civil, ele foi indiciado pela prática do crime e, desde que o inquérito teve início, outras vítimas já foram identificadas.

 

O crime está sendo investigado a cerca de um mês. De acordo com a delegada Cláudia Gonzaga, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami), além de atender em um consultório particular, o homem atuava na unidade básica de saúde.

 

O estupro em questão, que motivou o pedido de prisão, teria ocorrido no mês passado. O médico foi preso e levado ao Presídio de Joinville, onde aguarda o processo.

 

Outras investigações estão em curso e tentam apurar outros abusos praticados contra outras vítimas.

 

Segundo a prefeitura do município, o médico atuava com contrato temporário na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF). A Secretaria Municipal da Saúde abriu Processos Administrativos Disciplinares (PADs) e exonerou o profissional no dia 13 de agosto por meio da extinção do contrato.

 

"A Prefeitura de Joinville reforça que é contra qualquer tipo de assédio ou violência e vai colaborar com as autoridades competentes no que for solicitado", disse por meio de nota.

Crime ocorreu no mês passado, em Joinville (Foto: Divulgação)

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.