Menina de cinco anos é estuprada e jogada em rio no RS

Ágatha Rodrigues dos Santos foi asfixiada e jogada com vida no Rio Taquari

Por Oeste Mais

14/09/2021 11h36 - Atualizado em 14/09/2021 11h36



Ágatha Rodrigues dos Santos foi estuprada antes de ser jogada no rio (Foto: Reprodução/G1)

A Polícia Civil encerrou o inquérito sobre o caso que chocou o Rio Grande do Sul neste mês. Um homem de 35 anos foi indiciado pelo estupro e o assassinato de Ágatha Rodrigues dos Santos, de cinco anos, ocorrido às margens do Rio Taquari, em Lajeado, no Rio Grande do Sul.

 

Segundo o laudo emitido pela perícia, a menina foi jogada ao rio ainda com vida, após ser estuprada, e a morte foi causada por asfixia e afogamento. O assassino está preso desde 4 de setembro, data do homicídio. Ele foi transferido do Presídio de Lajeado por questão de segurança.

 

A mãe da menina também foi indiciada por entregar uma menor incapaz para uma pessoa inidônea, e por isso precisou assinar um termo circunstanciado. É um delito de menor grau, que não resulta em prisão. O caso apurado pelo delegado substituto da Delegacia da Mulher (Deam), Humberto Röehrig, agora vai para o Judiciário. Dez pessoas foram ouvidas durante as investigações.

Autor foi flagrado andando com a vítima pouco antes do crime (Foto: Divulgação)

Com informações do Agora no Vale


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.