Homem é quase morto após casal tentar socorrer mulher vítima de agressão

Jovem de 22 anos agrediu homem de 37 com pedrada na cabeça em Chapecó

Por Redação Oeste Mais

06/09/2021 11h58 - Atualizado em 06/09/2021 12h01



Um homem de 37 anos quase foi morto na madrugada de domingo, dia 5, após parar junto com a esposa e tentar socorrer uma mulher que estava sendo agredida no Bairro Seminário, no município de Chapecó. O caso ocorreu por volta das 3 horas da manhã.

 

A Polícia Militar informou que a mulher do homem disse que o casal estava saindo de uma janta quando viu um jovem de 22 anos agredindo uma mulher. Na tentativa de ajudar a vítima, os dois pararam o carro e o agressor se voltou contra o marido.

 

O jovem de 22 anos atingiu o homem na cabeça com uma pedra. Mesmo ele caído no chão, ainda desferiu vários golpes na face. A mulher tentou defender o marido, segurando as pernas do agressor, mas o jovem se voltou contra ela e também a agrediu com socos no rosto.

 

Outras pessoas pararam para ajudar e conseguiram conter o rapaz até a chegada da Polícia Militar.

 

Conforme a PM, o jovem tem um vasto histórico policial, com passagens por lesão corporal, ameaça, roubo, posse de drogas, perturbação do sossego alheio, resistência, desobediência, desacato e porte ilegal de arma de fogo. Ele foi preso e levado para a Central de Plantão Policial de Chapecó.

 

A PM ainda informou que o homem de 37 anos, agredido pelo rapaz, não tem passagens pela polícia. A mulher da vítima, de 43 anos, também não possui histórico de envolvimento em crimes. A PM não deu detalhes sobre a mulher que estava sendo agredida pelo jovem.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.