Com anúncio falso na internet, estelionatário tenta alugar casa em Concórdia

Verdadeira proprietária do imóvel reside em Irani e já denunciou a tentativa de golpe à polícia

Por Redação Oeste Mais

19/08/2021 14h13 - Atualizado em 19/08/2021 14h13



Um estelionatário tentou aplicar um golpe no município de Concórdia, tentando alugar uma residência que não era dele, pela internet. 

 

Com fotos postadas em uma rede social, contendo até mesmo o endereço da casa, o aluguel do local estaria por R$ 1,1 mil em seu anúncio.

 

Pessoas que se interessaram pelo imóvel e entraram em contato com o homem. Na falsa negociação de locação, o golpista solicitou um valor adiantado de garantia, prometendo que após o depósito faria o contrato de aluguel e entrega as chaves da casa.

 

A verdadeira proprietária da residência mora na cidade de Irani, e ela informou à Rádio Aliança que a casa está à disposição para ser alugada, mas aos cuidados de uma imobiliária de Concórdia.

 

Ela descobriu que alguém estava tentando aplicar o golpe, depois que algumas pessoas foram ao endereço anunciado e viram a placa da imobiliária e fizeram contato com a empresa.

 

“O pessoal da imobiliária me mandou mensagem, para saber se eu havia autorizado mais alguém a oferecer minha casa para locação. Falei que não e aí constatamos que se trata de alguém tentando aplicar golpes”, detalhou a dona à Rádio Aliança.

 

O homem que se apresenta como dono da casa, anuncia em um perfil com o nome de Rayson, e diz para as pessoas que reside no Paraná. Ele tenta negociar tudo pelo WhatsApp e, para dar credibilidade à falsa conversa, envia fotos e até áudios, falando sobre o imóvel. Também deixa as pessoas à vontade para visitar a residência, dizendo que elas podem ir ao local. 

 

Em um dos casos, a negociação já estava avançada e uma possível cliente decidiu alugar. Ao confirmar que queria ir morar no imóvel, eles iniciaram as tratativas do contrato, pois o estelionatário afirmava que várias pessoas estariam interessadas.

 

“A mulher que se mostrou interessada, só não depositou, porque foi orientada pela filha, que é advogada. Então, ela propôs entregar o valor em mãos, quando o contrato estivesse assinado, porém o golpista não aceitou, dizendo que era de Pato Branco que precisava do valor adiantado”, contou a dona do imóvel.

 

A proprietária já denunciou o caso à Polícia Civil. Ela repassou aos policiais o número que o estelionatário utiliza para enganar as pessoas e o perfil que ele usa no Facebook. Os agentes vão investigar o caso.

Casa estava sendo anunciada para aluguel em uma rede social, mas ela já possuía dono (Foto: Divulgação)

Com informações da Rádio Aliança


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.