Pai é acusado de matar filha de 13 anos e incendiar residência em SC

Homem foi preso pela PM de Criciúma depois de crime ocorrido na noite de sexta-feira

Por Redação Oeste Mais

14/08/2021 11h31 - Atualizado em 14/08/2021 11h36



Casa foi incendiada após menina de 13 anos ser esfaqueada (Foto: Reprodução/TN Sul)

Uma adolescente de 13 anos foi morta na noite desta sexta-feira, dia 13, no município de Criciúma, no Sul de Santa Catarina. O principal suspeito de ter cometido o crime é o pai dela, que fugiu, mas foi preso no início da manhã deste sábado, dia 14. A vítima teria sido assassinada a golpes de faca. A residência onde ela estava foi incendiada em seguida.

 

O corpo da menor foi localizado pelo Corpo de Bombeiros na cozinha da casa, em meio aos escombros. A guarnição acionou o Instituto Geral de Perícias (IGP) e uma equipe da Polícia Civil também esteve no local para os levantamentos da ocorrência. Foram utilizados 14 mil litros de água para a extinção das chamas.

 

O pai da menina foi preso Polícia Militar de Criciúma na manhã de hoje. O homem é o principal suspeito de ter matado a filha e depois ateado fogo na residência, localizada no Bairro Imperatriz, na Rua Everson Ramos Jesuíno. O caso é investigado pela Polícia Civil de Criciúma.

Com informações do TN Sul


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.