Três pessoas são detidas suspeitas de envolvimento em roubo a armas em Abelardo Luz

Crime ocorreu na sexta-feira, dia 4

Por Oeste Mais

11/06/2021 13h53 - Atualizado em 11/06/2021 13h55



Diversas armas foram roubadas pelos criminosos (Fotos: Polícia Milita/Divulgação)

Três pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira, dia 11 suspeitas de envolvimento em roubo de caminhão que transportava armas, em Abelardo Luz, no Oeste do Estado. O crime ocorreu na tarde da última sexta-feira, dia 4, na comunidade Passo das Antas, interior do município. 

 

Pela gravidade do caso, no dia do ocorrido o crime mobilizou um grande efetivo policial, contando inclusive com o auxílio do exército. O caminhão, com placas de Chapecó, estava carregado de armas e munições. 

 

Os dois ocupantes foram presos em flagrante, por transporte irregular de material bélico. Segundo o Delegado Marcelo Teske, de Abelardo Luz, três pessoas já foram presas e um dos envolvidos é auxiliar do motorista que fazia o transporte das armas. 

 

A operação foi realizada pela Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar de Chapecó, foram oito mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária em relação ao roubo ocorrido na última sexta-feira.

 

“Nas investigações nós conseguimos identificar o veículo que foi utilizado na empreitada criminosa, sendo que hoje conseguimos realizar a prisão do proprietário do veículo que seria quem estaria utilizando o carro, e também a prisão do auxiliar do motorista, que após investigações ele foi apontado como participante do crime”, disse o delegado.

 

Um dos detidos se encontrava em saída temporária de sete dias do sistema penitenciário de Chapecó. O delegado informou que no dia do fato, o auxiliar do motorista pediu para que o motorista parasse o veículo para que ele pudesse urinar.

 

“Esse fato chamou a nossa atenção, nós conseguimos descobrir que esse funcionário estava na empresa a cerca de três meses. E no momento em que eles passavam por um local mais afastado, ele pediu ao motorista que encostasse para ele poder urinar e foi nesse momento que os criminosos abordaram o motorista e o auxiliar”, destacou.

 

De acordo com o delegado, a empresa que fazia o transporte das armas não era autorizada para esse tipo de transporte. As armas até o momento não foram apreendidas e os envolvidos que foram detidos serão interrogados durante esta sexta-feira, dia 11.

Com informações do ND+


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.