Suzane von Richthofen, condenada por matar os pais, deixa presídio para 'saidinha' temporária

Anna Carolina Jatobá, condenada pela morte de Isabela Nardoni, e Elize Matsunaga, presa por matar e esquartejar o marido, também deixaram o presídio nesta terça

Por Oeste Mais

18/05/2021 11h24



Suzane von Richthofen deixa prisão para 'saidinha' temporária (Foto: Tiago Bezerra/TV Vanguarda)

Suzane von Richthofen, condenada por matar os pais em 2002, deixou a prisão no início da manhã desta terça-feira, dia 18, para "saidinha" temporária. Ela deve ficar em liberdade até o dia 24 de maio, quando deve voltar à Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier em Tremembé (SP).

 

Essa será a primeira saída temporária para Suzane e presos do regime semiaberto neste ano. Inicialmente, os presos teriam o benefício no período da Páscoa, mas a saidinha foi adiada por causa do agravamento da pandemia na época.

 

Suzane deixou a P1 feminina por volta das 8h25. Ela se encontrou com uma mulher e chegou a correr para deixar o local.

 

Suzane von Richthofen obteve a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015. A primeira saída dela aconteceu em março de 2016, beneficiada pela saída temporária de Páscoa.

 

Além de Suzane, presas como Anna Carolina Jatobá, condenada pela morte da enteada Isabela Nardoni, e Elize Matsunaga, condenada por matar e esquartejar o marido Marcos Matsunaga, também têm direito à saída temporária e deixaram o presídio na manhã desta terça.



Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.