Polícia não descarta crime em causa de incêndio que matou família no Oeste

Autoridades seguem investigando motivos que possam ter provocado o fogo na residência em São Domingos

Por Oeste Mais

09/05/2021 13h25



Tragédia em São Domingos matou casal e filhos (Foto: Corpo de Bombeiros)

A Polícia Civil segue investigando as causas do incêndio que matou uma família de quatro pessoas no início da manhã de sábado, dia 8, em São Domingos. Morreram Raquel Alves, de 31 anos, Neocir Rodigheri, de 34, e os filhos do casal, Maria e João Rodigheri, de 10 e 11 anos.

 

O delegado de polícia responsável pelas investigações, José Danezi Neto, deverá ouvir nos próximos dias algumas testemunhas. Além disso, o laudo dos exames realizados nos corpos também servirá para dar sequência na investigação. A polícia não descarta a possibilidade de crime.

 

“Até o momento não é possível dizer as causas do início [do fogo] devido às complexidades da situação. A Polícia Civil segue com a investigação criminal, vai ouvir testemunhas nos próximos dias, juntar os laudos periciais nos exames realizados a fim de determinar se o incêndio foi gerado por uma conduta humana ou acidente doméstico”, disse o delegado.

 

O incêndio aconteceu por volta das 6h30 de sábado, na Rua Humberto Valdir Lodi, esquina com a Rua São Domingos. O Corpo de Bombeiros esteve na casa para conter as chamas e tentar resgatar algum morador com vida. Mas toda a casa ficou destruída e os bombeiros encontraram os corpos das quatro pessoas entre os escombros da casa de madeira.

Família morreu em incêndio (Foto: Arquivo pessoal)

Com informações do ND+


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.