Polícia Civil ouve testemunhas e analisa dispositivos eletrônicos apreendidos na casa de autor de chacina

Autor do crime continua hospitalizado

Por Oeste Mais

07/05/2021 08h03 - Atualizado em 07/05/2021 08h03



A Polícia Civil de Santa Catarina ouviu mais de 10 testemunhas até o começo da tarde desta quinta-feira, dia 6, na investigação sobre as mortes de cinco pessoas em uma creche na cidade de Saudades, no Oeste de Santa Catarina. Outras cinco testemunhas foram intimadas para prestar depoimentos ainda nesta quinta-feira.

 

O homem de 18 anos que foi preso pelas mortes continua hospitalizado. Ele teve a prisão em flagrante convertida em preventiva pelo Judiciário, ainda na quarta, dia 5. Segundo o delegado Jerônimo Marçal, ele será interrogado assim que o seu estado de saúde permitir.

 

Leia também: Autor de assassinatos em creche ‘responde a estímulos e está saindo da sedação’, aponta boletim médico

 

Após decisão do Judiciário autorizando a quebra de sigilo de dados, a Polícia Civil também está realizando a extração de dados de dispositivos eletrônicos (computador e pen drive) apreendidos para a investigação. 

 

“Os investigadores da Polícia Civil estão debruçados fazendo varreduras nos dispositivos apreendidos para angariar mais elementos de interesse da investigação e esclarecer ao máximo possível esse crime horrendo”, afirmou o delegado.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.