Homem encontrado morto por familiares era professor universitário com doutorado em geografia

Polícia suspeita de latrocínio, já que o carro da vítima não foi localizado na garagem, em Abelardo Luz

Por Oeste Mais

18/04/2021 08h22 - Atualizado em 18/04/2021 11h12



Robson Olívino Paim tinha 35 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

Familiares encontraram um homem morto na noite deste sábado, dia 17, no Bairro Santa Luzia, em Abelardo Luz. O corpo estava em cima da cama. A principal suspeita é de latrocínio (roubo seguido de morte), já que o carro do homem, um Ford Ecosport, não foi localizado na garagem.

 

A vítima foi identificada como Robson Olívino Paim, de 35 anos. Ele era professor universitário, com doutorado em geografia, e trabalhava na Universidade Federal da Fronteira Sul-UFFS,  campus de Erechim (RS). A universidade emitiu uma nota de pesar (leia mais abaixo).

 

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência por volta das 20 horas de sábado. No local, em diálogo com os familiares, foi constatado que a vítima estava sobre a cama, já sem sinais vitais.

 

Um laudo cadavérico deverá confirmar a causa da morte, mas uma das hipóteses é que tenha ocorrido por asfixia. A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o caso.

 

Segundo o jornal O Falcão, o corpo de Robson é velado no Centro Comunitário da Igreja Matriz de Abelardo Luz. O sepultamento está marcado para as 16 horas deste domingo, no Cemitério Municipal de Abelardo Luz.

 

Nota de pesar da UFFS

 

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) comunica, com pesar, o falecimento do professor do Campus Erechim, Robson Paim.

 

Direção, servidores e estudantes da UFFS lamentam profundamente o falecimento e prestam condolência aos familiares e amigos do professor Robson.

 

Nota de pesar da Prefeitura de Abelardo Luz

 

Administração Municipal de Abelardo Luz, através da Secretaria Municipal de Educação, expressa profundo pesar pela partida prematura do professor Robson Paim, jovem promissor na área da educação. Neste momento de dor, ressaltamos a dedicação de Robson pelo trabalho prestado ao nosso município.

 

Nos solidarizamos e juntos estamos em oração para que Deus conforte o coração de sua família, amigos, alunos, ex- alunos e colegas de profissão nesse momento difícil e de consternação.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.