Polícia interdita estabelecimento pela segunda vez e local poderá ter alvará cassado

Foram formalizados cinco autos por descumprimento de horário, falta de distanciamento, falta de uso de máscaras e outras normas de combate à Covid-19

Por Oeste Mais

17/04/2021 10h24 - Atualizado em 17/04/2021 10h24



A Polícia Civil determinou na tarde desta sexta-feira, dia 16, a interdição provisória de um estabelecimento comercial em Chapecó que já havia sido interditado no final do ano passado. A decisão foi tomada após processo administrativo instaurado pelo Setor de Fiscalização de Jogos e Diversões, que apura o descumprimento de normas sanitárias estaduais e municipais de combate à Covid-19.

 

Após a instauração do procedimento, houve novos descumprimentos pelo estabelecimento, que atua como bar/casa noturna. Segundo a Polícia Civil, foram formalizados cinco autos por descumprimento de horário, falta de distanciamento, falta de uso de máscaras e outras normas de combate à disseminação do coronavírus.

 

Em novembro de 2020 o estabelecimento já havia sido interditado por 13 dias pela Polícia Civil. Agora, diante do reiterado descumprimento das normas, a interdição poderá perdurar durante todo o processo administrativo, que ao final poderá até determinar a cassação definitiva do alvará de funcionamento do local.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.