Homem que abusou sexualmente da filha por sete anos é preso em Chapecó

Segundo a Polícia Civil, a mãe da vítima sabia e não adotou nenhuma medida legal para a proteção da filha

Por Oeste Mais

13/04/2021 10h02 - Atualizado em 13/04/2021 10h02



Um homem de 37 anos foi preso preventivamente, no domingo, dia 11, suspeito de ter praticado abusos sexuais contra a própria filha, durante sete anos, em Chapecó (SC). Segundo a Polícia Civil, a prisão ocorreu na residência do homem que foi encaminhado ao sistema penitenciário. 

 

Ainda conforme a Polícia Civil, apurou-se que a vítima havia chegado a contar à sua mãe sobre os abusos, mas esta manteve o relacionamento com o agressor e não adotou nenhuma medida legal para a proteção da filha. Assim, a vítima manteve-se em silêncio sobre os crimes, até que, questionada por parentes que perceberam sinais de angústia no seu comportamento, revelou a eles todo o ocorrido. 

 

Diante das evidências da prática do crime, a Polícia Civil representou pela decretação da expedição de mandado de prisão preventiva em desfavor do suspeito. Após manifestação favorável do Ministério Público, a ordem de prisão foi emitida pelo Poder Judiciário. 

 

Durante a ação também foram apreendidas duas armas de fogo registradas em nome do investigado (uma pistola calibre .380 ACP e um rifle calibre .22 LR), sendo solicitada a suspensão de qualquer autorização para o porte ou posse de arma de fogo. 


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.