Homem que abusava da neta de nove anos é condenado a 28 anos de prisão

Segundo investigação, avô chegou a ameaçar a neta de morte se resistisse ou contasse a alguém

Por Oeste Mais

01/04/2021 15h36 - Atualizado em 01/04/2021 15h40



Um homem denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) na Comarca de Lebon Régis por abusar sexualmente da neta de 9 anos de idade foi condenado a 28 anos de prisão. O réu foi condenado por dois estupros de vulnerável agravados pelo fato de ser ascendente da vítima. A informação foi divulgada pelo MPSC nesta quarta-feira, dia 31. 

 

A ação penal ajuizada pela Promotoria de Justiça de Lebon Régis relata duas vezes que o avô praticou atos sexuais diversos da conjunção carnal contra a neta, ameaçando-a de morte se resistisse ou contasse a alguém. Na segunda vez que cometeu o crime, foi surpreendido pela tia da menina e pela nora, mãe da criança.  

 

De acordo com a Promotora de Justiça Luciana Leal Musa, já no curso das investigações policiais havia rumores de que o réu pretendia se evadir de Lebon Régis, em direção ao litoral, após tomar conhecimento da denúncia por parte da família. Todavia, a atuação articulada da Polícia Civil, do Ministério Público e do Judiciário foi efetiva, resultando na prisão preventiva do avô.  

 

A sentença proferida pelo Juízo da comarca determina que a pena de 28 anos seja cumprida em regime inicial fechado. A decisão também manteve a prisão preventiva do réu, o que impede que ele recorra da sentença em liberdade.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.