Concluído inquérito de acidente com caminhão carregado de canos, onde duas pessoas morreram

Motorista estava embriagado e pode pegar 12 anos de prisão, segundo a Polícia Civil

Por Oeste Mais

25/03/2021 21h33 - Atualizado em 25/03/2021 21h34



Duas pessoas morreram no acidente (Foto: Corpo de Bombeiros)

A Polícia Civil concluiu nesta quinta-feira, dia 25, o inquérito do acidente envolvendo um caminhão da Casan, carregado de canos, no dia 2 de março deste ano, na SC-283, em Caibi, município do Oeste de Santa Catarina. Duas pessoas que estavam em um automóvel foram atingidas pela carga e morreram no acidente.

 

Conforme as investigações, baseadas em depoimentos de testemunhas e documentos, incluindo exames periciais por parte do Instituto Geral de Perícias (IGP), foi possível atestar que o motorista do caminhão causou o acidente por carregar e transportar indevidamente a carga de 50 tubos, que pesava 12 toneladas.

 

A polícia relatou que o condutor amarrou a carga com menos cintas do que o exigido pela legislação. Além disso, as autoridades apuraram que o homem dirigia em velocidade acima do permitido na rodovia. O motorista também realizou o teste de etilômetro, que atestou o consumo de bebida alcoólica.

 

O homem foi indiciado pelos crimes de duplo homicídio culposo (sem intenção de provocar morte). Conforme a polícia, a pena pode chegar a 12 anos de reclusão e suspensão ou proibição do direito de dirigir. O inquérito policial foi encaminhado ao Judiciário e Ministério Público.








COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.