Após ser agredida pelo companheiro, sogra e cunhada, mulher procura a polícia para fazer denúncia

Vítima teve que ser encaminhada ao hospital após apresentar suspeita de fratura no braço

Por Oeste Mais

08/03/2021 17h34 - Atualizado em 08/03/2021 17h34



A Polícia Civil realizou um atendimento de apoio à mulher, nesta segunda-feira, dia 8, Dia da Mulher, no município de Saudades.

 

Conforme a polícia, a ocorrência de violência doméstica foi registrada na Linha Araça, após a vítima, uma jovem de 26 anos, comparecer na delegacia para prestar depoimento sobre as agressões que teve na noite deste domingo, dia 7.

 

Segundo ela, na casa em que convivia até então com o companheiro, ele, embriagado, a agrediu com tapas, chutes e socos. Também de acordo com ela, mãe e irmã do suspeito teriam ajudado ele a agredi-la. Em razão disso, ela teve que ser encaminhada na noite de ontem ao Hospital de São Miguel do Oeste, com suspeita de fratura no braço.


Diante do risco a que estava submetida, a delegacia encaminhou requerimento de medidas protetivas de urgência ao Poder Judiciário, decisão que provavelmente deve sair ainda hoje.


Ela também pediu apoio da guarnição para retirada de seus pertences e de seus filhos da casa, já que pretende ir, com os quatro filhos pequenos, morar com a irmã.

 

Os fatos relatados por ela serão apurados em inquérito policial. Quanto às medidas, se o pedido for acolhido pelo Poder Judiciário, o suspeito deverá permanecer afastado dela e proibido de fazer contato.

 

A Polícia Civil lembra que o descumprimento de medidas protetivas de urgência é crime e que, se acontecer, o agressor será preso.

Homem estava embriagado e desferiu tapas, chutes e socos na companheira (Foto: Polícia Civil)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.