Idoso é morto a facadas pelo irmão em Maravilha

Crime teria ocorrido na quarta-feira, mas só foi descoberto nesta quinta-feira, dia 26

Por Oeste Mais

26/02/2021 10h48 - Atualizado em 26/02/2021 15h09



Um homem morreu esfaqueado na noite da última quarta-feira, dia 24, em Maravilha. O crime ocorreu em uma residência da Rua Uma, no Bairro Floresta, mas só foi descoberto nesta quinta-feira. O autor da facada é irmão da vítima e disse que desferiu um golpe na região abdominal após uma discussão. 

 

Segundo informações do Portal Oeste em Foco, a vítima foi identificada como Atalibrio Kechner, de 69 anos. 

 

Conforme informações da Polícia, o irmão da vítima, de 59 anos, informou que eles residia no mesmo imóvel e o crime teria sido motivado por xingamentos e reclamações do irmão enquanto ele preparava o jantar. Além disso, o autor alegou que Atalibio teria pego um espeto na tentativa de agredi-lo.

 

Uma testemunha, de 63 anos, que é ex-mulher de Atalibio, disse que ouviu uma discussão entre os irmãos na noite da última quarta-feira e que no dia seguinte a residência passou o dia todo fechada. Por volta das 16h desta quinta-feira ela teria avistado o ex-cunhado deixando a casa. No início da noite a mulher foi até o imóvel onde encontrou uma porta aberta e o ex-marido caído em um quarto.

 

A Polícia Militar foi acionada e isolou a área para trabalhos técnicos da Polícia Civil e do Instituto Geral de Perícias (IGP). O corpo foi encaminhado ao IML de São Miguel do Oeste para necropsia.

 

O suspeito foi preso e confessou o crime. Ele foi localizado na casa de um amigo, na Rua Palmitos, no Bairro Bela Vista, poucas horas após o registro da ocorrência. 

 

O homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil onde deve responder por homicídio. Ele também poderá sofrer agravante por ter provocado a morte de uma pessoa que não possuía condições de defesa, já que Atalibio Kechner era cadeirante e possuía amputação das duas pernas na região do joelho.

Com informações Oeste em Foco


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.