Cartomante de Chapecó conhecida como Mãe Priscila é presa

Golpes aplicados causaram prejuízo aproximado de 1 milhão de reais na região Oeste

Por Oeste Mais

24/02/2021 19h25 - Atualizado em 24/02/2021 19h25



Priscila foi presa no Paraná. (Foto: Polícia Civil)

A mulher conhecida como “Mãe Priscila” foi presa na tarde desta quarta-feira, dia 24, em Castro, no Paraná. Ela estava foragida desde o dia 7 de outubro de 2020 quando fugiu de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. Priscila seguia trabalhando no município no PR, onde atendia como “Benzedeira Patrícia”.

 

Segundo informações da Polícia Civil, a 1ª Delegacia de Polícia de Fronteira de Chapecó, com apoio do Serviço de Inteligência do BOPE do Paraná, realizou trabalho de investigação que culminou na prisão de Priscila Pérola Janoviche. A operação “Vigário”, iniciou em outubro do ano passado.

 

Os envolvidos na investigação respondem por diversas extorsões, estelionatos e associação criminosa, pois aplicavam diversos golpes na região de Chapecó oferecendo serviços de cartomante e consulta espiritual, causando prejuízo próximo de 1 milhão de reais na região oeste de Santa Catarina.

 

Fabrício Yanovich, Juliano da Silva e Samantha Andrea Yanowich seguem foragidos.

Juliano da Silva segue foragido (Foto: Polícia Civil)
Fabrício Yanovich segue foragido (Foto: Polícia Civil)
Samantha Andrea Yanowich segue foragido (Foto: Polícia Civil)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.