Polícia interroga testemunhas, e família de jovem encontrado morto em lago suspeita de homicídio

Corpo do ex-jogador de futsal Marcelinho foi encontrado no lago da Usina de Itá

Por Oeste Mais

19/02/2021 15h15 - Atualizado em 19/02/2021 15h15



Os familiares do ex-jogador de futsal em Seara, Marcelo Rodrigues de 26 anos, estão acompanhando os levantamentos realizados pela Polícia Civil de Itá após a morte do jovem nos últimos dias.

 

O corpo foi encontrado boiando no lago da Usina Hidrelétrica de Itá, na última segunda-feira, dia 15.

 

A Polícia Civil do município está ouvindo testemunhas e pessoas que poderão auxiliar no trabalho para identificar se trata-se mesmo de um homicídio. Marcelinho, como era conhecido, teria participado de uma festa no final de semana em um sítio em Itá. Ele morava com os pais em Seara.

 

A família está buscando as explicações sobre a causa da morte. O Instituto Médico Legal (IML) não teria identificado a causa morte. Os familiares revelaram ao que o jovem não tinha nenhum problema com ninguém, muito menos desafeto.

 

Por isso, acham estranha a morte do ex-jogador. A polícia teria já interrogado pessoas de Itá que podem auxiliar na investigação e estará também ouvindo nas próximas horas testemunhas arroladas no inquérito de Seara.

Corpo do Marcelo Rodrigues de 26 anos, foi encontrado boiando em usina de Itá (Foto: Divulgação)

Com informações da Atual FM


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.