Loja que vendia carne de cavalo como se fosse de boi é fechada em SC

Outras irregularidades foram constatadas no estabelecimento em Tubarão

Por Oeste Mais

17/02/2021 08h39 - Atualizado em 17/02/2021 08h39



Local foi interditado no último sábado (Foto: Polícia Civil)

Uma loja que vendia carne de cavalo como se fosse de boi foi interditada no município de Tubarão, no Sul do estado, no último sábado, dia 13. A Polícia Civil ainda cumpriu a prisão preventiva do dono do estabelecimento. A ação faz parte da Operação Horse. Os nomes do homem e do local não foram divulgados.

 

Na loja, ainda foram encontradas diversas irregularidades no armazenamento da carne. Havia produtos vencidos juntos com outros cortes que seriam comercializados. Peças inteiras e também moídas estavam sem identificação e não havia higiene correta do local. Os agentes da polícia relataram "odor de podridão" e sujeira.

 

Segundo informações da Polícia Civil, os cavalos foram mortos clandestinamente. Os responsáveis pelo abatedouro confirmaram que vendiam a carne à casa que comercializava o produto para o consumidor.

 

Além disso, de acordo com a polícia, um dos donos do estabelecimento ofereceu uma quantia em dinheiro para que os responsáveis pelo abate mentissem em depoimentos, o que agrava as denúncias.

 

A proprietário do estabelecimento teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e o estabelecimento foi interditado. Os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão domiciliar na casa dos envolvidos. 

 

Pessoas ligadas à loja podem responder, segundo a polícia, por receptação qualificada e crimes contra as relações de consumo, com penas previstas de até 18 anos de prisão.

Com informações de NSC Total


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.