PRF intercepta carreta com 2,5 toneladas de maconha

Drogas teriam como destino a cidade de Concórdia

Por Oeste Mais

25/01/2021 08h34 - Atualizado em 25/01/2021 08h34



Entorpecentes estavam sobre a carga de milho (Foto: PRF)

Cerca de 2,5 toneladas de maconha foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal no Paraná, na manhã de sexta-feira, dia 22. O flagrante ocorreu na BR 163, em Marechal Cândido Rondon, no Oeste do Parána. 

 

No trecho da rodovia, uma equipe da PRF interceptou uma carreta trator Volvo, com placas de Palhoça, Santa Catarina, carregada de grãos de milho no semirreboque.

 

O motorista, de 32 anos, que não apresentou documentos pessoais, mostrou a nota fiscal da carga. No entanto, os policiais rodoviários federais sentiram o odor de maconha e em seguida solicitaram ao caminhoneiro que retirasse a lona da carroceria, para que fosse vistoriada. Ao inspecionar o que havia sob o carregamento de milho a granel, os policiais encontraram os fardos da droga.

 

O motorista foi preso e alegou que não sabia de nada. Ele contou que buscou a carreta em Dourados, no Mato Grosso do Sul, na última quarta-feira, dia 20.

 

O motorista teria  viajado até Naviraí, também no Mato Grosso do Sul, onde foi oferecida uma certa quantia em dinheiro para que fosse até Concórdia, em Santa Catarina. Os policiais rodoviários federais recolheram ainda na cabine da carreta um total de oito comprimidos de rebite, apelido do medicamento usado para deixar os caminhoneiros acordados por mais tempo do que o normal.

 

O caso foi repassado para a Polícia Federal em Guaíra.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.