PM de Ponte Serrada alerta para golpe de estelionato sobre venda de carros nas redes sociais

Morador ponteserradense acionou a polícia na noite desta terça-feira para informar que foi vítima

Por Redação Oeste Mais

14/10/2020 16h22 - Atualizado em 14/10/2020 16h26



A Polícia Militar está alertando a população para golpe de estelionato sobre venda de veículos nas redes sociais, ocorrido em Ponte Serrada, na noite desta terça-feira, dia 13. Conforme as informações da PM, foi por volta das 23 horas que a guarnição foi acionada pela vítima, no centro da cidade. 

 

O caso

 

A vítima estava tentando vender o automóvel que tinha e acabou postando o anúncio do carro em um site de vendas, no dia 5 de outubro. Após três dias, um suposto comprador, da cidade de Blumenau, entrou em contato com ele para fazer negócio ee pediu informações sobre o carro e valor.

 

Ele afirmou que estava fazendo um rompimento com o seu sócio e precisava fazer um negócio. Além disso, informou que iria até a cidade para ver o carro juntamente com o suposto sócio.

 

Em seguida, o autor pediu para que o ponteserradense mentisse para o comprador, que ele e o negociante eram cunhados.

 

O homem pediu ainda para que o morador retirasse o anúncio da venda do veículo do site e não comentasse nada sobre valores, pois seu sócio depositaria diretamente na conta do possível comprador, e este então, depositaria o valor para a vitima, inclusive enviou o comprovante via WhatsApp no valor de R$ 40 mil, efetuado via TED. 

 

Quando o então sócio chegou ao local, confirmou a história para efetuar a negociação, induzido a erro à vitima e vendedor. O suposto sócio do comprador relatou que viu o anúncio do veículo na internet pelo valor de R$ 34,5 mil e que se interessou e entrou em contato com o proprietário, o então senhor de Blumenau, que estaria vendendo, e que o anunciante mandou seu número de WhatsApp para iniciarem as tratativas.

 

O morador de Ponte Serrada acabou, então, caindo em um golpe de estelionato, passando a documentação do veículo, inclusive no Cartório, enquanto o suposto TED de transferência do valor do carro era falso e o dinheiro não entrou na conta. 

 

Orientação da polícia

 

- Quando postarem algo para vender, ou então, comprar em sites de vendas, jamais retirem sua publicação por pedidos de terceiros;


- Quando for pagamentos bancários, certifiquem-se antes com gerentes de bancos sobre os procedimentos e apenas entreguem vossos bens após a confirmação de pagamentos; 


- Se um possível comprador começar a conversa pedindo que participem de uma mentira ou fato irreal, não aceite.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.