Morador perde mais de R$ 2,4 mil em golpe do falso curandeiro

Autor disse que precisava fazer orações, porque aconteceriam coisas ruins com a família da vítima

Por Oeste Mais

20/09/2020 09h28 - Atualizado em 20/09/2020 09h28



A Polícia Militar registrou uma ocorrência de charlatanismo, no Bairro São Jorge em São Miguel do Oeste, na última sexta-feira, dia 18. A vítima relatou à guarnição que no sábado, dia 12, estava em sua propriedade na Linha Vista Alta, quando chegou uma caminhonete com dois ocupantes e um deles se identificou como curador.

 

A vítima, então, acabou relatando ao “curandeiro” que sentia dores nas costas, e ele cobrou R$ 250 por uma oração, afirmando que odeixaria curado. Além disso, falou para a vítima que “via” algo de ruim e poderia acontecer com sua família. O morador acabou pagando mais R$ 230.

 

Na segunda-feira, dia 14, os homens foram novamente a propriedade da vítima e pediram mais R$ 2,2 mil para fazer um “trabalho” com o intuito de desfazer um mal que alguém tinha feito para ele, e foi isso que a vítima fez, depositou o valor em nome de uma mulher, o qual não conhecia.

 

Depois de realizado o depósito, a vítima continuou recebendo mensagem do homem pedindo mais R$ 22 mil para fazer orações, para que nada de ruim acontecesse a família dele. A Polícia Militar fez o registro do fato e deu os encaminhamentos cabíveis.

Com informações do Portal Peperi


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.