Campanha "Sinal Vermelho para a Violência" já está em mais de 400 farmácias de SC e PR

Vítimas de violência podem denunciar agressões fazendo xis na palma da mão ou num pedaço de papel e mostrá-lo ao atendente

Por Redação Oeste Mais

17/08/2020 16h38 - Atualizado em 17/08/2020 16h38



A campanha "Sinal Vermelho para a Violência" não para de angariar novos apoiadores desde que foi lançada em Santa Catarina no último mês de julho. Dezenas de empresas do ramo farmacêutico, inclusive do vizinho Estado do Paraná, uniram-se à iniciativa idealizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) na luta contra a violência doméstica.

 

Em farmácias e drogarias previamente cadastradas, as mulheres vítimas de violência podem denunciar as agressões ao fazer um xis com batom vermelho (ou com qualquer outro material) na palma da mão ou num pedaço de papel e mostrá-lo ao atendente, que acionará a Polícia Militar. No mês passado, na comarca de Ituporanga, foi registrada a primeira ocorrência de violência doméstica atendida pela Polícia Militar em que a mulher se valeu do sinal vermelho para denunciar as agressões do marido.

 

Conforme a Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid), do Poder Judiciário de Santa Catarina, os estabelecimentos são orientados a colocar um pôster (da mão com um xis vermelho) na entrada das lojas para identificar a participação na campanha. Eles receberam uma cartilha e um tutorial em formato visual com explicações sobre os caminhos a serem seguidos, com orientações detalhadas de como atender a vítima e acionar a polícia, sempre de acordo com o protocolo preestabelecido.

 

O esforço para dar ampla divulgação à campanha e angariar novas parcerias não para. No último dia 9, a desembargadora Salete Sommariva, coordenadora da Cevid, e a juíza Naiara Brancher, cooperadora da Cevid, participaram de uma roda de conversa sobre a Campanha Sinal Vermelho com a Federação Catarinense de Municípios, Associações de Municípios e Consórcios - Fecam. Na oportunidade, ambas discorreram sobre o assunto na sala virtual da Fecam, com a participação de mais de 100 pessoas representando as regiões do estado. Também foi registrado, neste período, o apoio à campanha do Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social - CGMAS da região  AMMVI (Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí).

 

Estabelecimentos que estão na campanha:

 

Farmalan Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda. (Pomerode)

Rede Farma e Farma (Vale do Itajaí)

Rede Drogaria Farmais (Vale do Itajaí)

Farmavida - Drogaria Giongo (Iporã do Oeste)

Farmácia Girassol - Stylo Farmar Bremer (Rio do Sul)

Farmácia e Drogaria Santos e Santos (Ilhota)

Farmácia Externa Hospital Iporã (Iporã do Oeste)  

Farmalândia Farmácia e Drogaria Ltda. (Romelândia)

Rede Franchising Brasil Farma (Capinzal)

Farmácia Central da Prefeitura de Bombinhas

Farmácia do Trabalhador (Gaspar)

Rede de Farmácia Santo André (três lojas em Blumenau, quatro em Gaspar e uma em Ilhota)

Rede de Farmácia Sagrado Coração (duas em Fraiburgo, uma em Caçador, uma em Campos Novos)

Farmácia Rio Branco (Caçador)  

Farmácia Usifarma (Caçador)

Drogaria do Ivo (Caçador)

Farmácia Unida (Rio do Sul)

Farmácia HS (Rio do Sul)

Drogazil Bonfantti - Farmais (Rio do Sul)

Rede de Farmácia Bom Preço N.S. Aparecida (quatro em Curitibanos, uma em Ponte Alta, Ponte Alta do Norte, São Cristóvão do Sul e Frei Rogério)

Central Farma Com. Prod. Farmacêuticos (Videira)

Farmácia CBS (Caçador)

]Farmácia Lebon Régis (Lebon Régis)

Farmácia LFP (Caçador)

Rede Farmácia e Drogaria Somensi Ltda. (Videira, Caçador e região)

Líder Cosméticos e Medicamentos (Videira)

Farmácia Preço Econômico (Palma Sola)

Farmácia Economia Certa (Itajaí)

Kefarma (Lagoa - Florianópolis)

Drogaria Catarinense e Preço Popular, com 294 unidades no Estado

Farmácia Santa Catarina (Mafra)

Usifarma Capivari (Capivari de Baixo)

Farmácia Oxford (São Bento do Sul)

Farmácia Ritorna (Biguaçu)

Sesi Farmácias

Farmácia Vera Cruz (Tubarão)

Farmácia Brasil Poupa Lar (Costeira - Florianópolis)

SB Comercial (Itajaí)

AM Comércio de Medicamentos (Camboriú)

Farmácia Mais Popular (Itapema)

Farmácia Qualifar (Balneário Camboriú)

Farma Sete (Blumenau)

Drogaria e Farmácia Tateline (Balneário Camboriú)

R Plus Comércio Varejista (Porto União)

Farmanova (Rio dos Cedros e Timbó)

Farmácia Geremias/Farmagnus (Videira)

Farmácia Vidori Ltda. (Iporã do Oeste)

Farmácia Cassol (Palma Sola)

Três farmácias de Chapecó (Rede Líder Farma, Farmácia Colombo e Farmavida Popular), sete de Mondaí (Farmácia Mondaí, Farmácia Equilíbrio Vital, Farmácia Pharmavida, Farmácia Vitória, Farmácia Central - Nostrafarma, Farmácia do Povo e Farmalabri) e a Farmácia Tamandaré, de Almirante Tamandaré, no Paraná, também aderiram, assim como duas de Barracão: Farmácia Santa Emília e Farmácia São Miguel Barracão.  

Farmacity (Dionísio Cerqueira)

Ecofarma/Salvador e Silva (Itapoá)

Drogaria Genérica (Caçador)

Farmácia Dresch Ltda./Santa Inês (Iporã do Oeste)

Farmácia Dona Neri (Irani)

Farmácia Farmamed/Everton Boff e Cia Ltda., Farmácia RG Farma/Regina de Fátima e Farmácia Farmar (Maravilha)

 

COMO PARTICIPAR

 

Qualquer estabelecimento pode participar da campanha. Basta entrar em contato com a Cevid pelo e-mail cevid@tjsc.jus.br ou telefone 3287-2636 para assinar o termo de adesão. Assim que assinado o termo, é feita a remessa do material de capacitação e treinamento.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.