Polícia conclui investigação de tentativa de homicídio que deixou vítima paraplégica

Homem de 43 anos perdeu o movimento das pernas após ser baleado na coluna em Chapecó

Por Oeste Mais

03/07/2020 08h18 - Atualizado em 03/07/2020 08h23


A Polícia Civil de Chapecó, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC), concluiu nesta semana as investigações sobre a tentativa de homicídio contra um homem de 43 anos que acabou ficando paraplégico. O crime ocorreu na madrugada do dia 27 de maio de 2018, por volta da 1h30, na Rua João Maria Pompeu da Silva, no Bairro Jardim Américo em Chapecó.

 

A vítima foi atingida por um tiro na coluna. Conforme as investigações, o homem participava de uma festa de aniversário. Quando retornava para casa, foi baleado pelas costas. A vítima caiu ao chão e não sentiu mais os membros inferiores.

 

Após ser comunicada do fato, uma equipe da DIC compareceu ao local e iniciou as investigações, que se mostraram bastante complexas diante da ausência de testemunhas oculares e câmeras de vigilância que tivessem flagrado o crime.

 

A vítima não chegou a visualizar o atirador, acreditava inclusive ter sido atingida por engano, tanto que afirmou não possuir inimizades.

 

Na última quarta-feira, dia 1º, após várias diligências, a DIC concluiu a investigação do caso e indiciou um jovem de 21 anos como autor do crime. Ele ainda não foi localizado para prestar depoimento. O indiciamento foi por tentativa de homicídio qualificada e porte ilegal de arma de fogo. O inquérito já foi encaminhado para o poder Judiciário e o Ministério Público.

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.