Padrasto e tio de homem morto a facadas são presos suspeitos de matarem a vítima

Suspeitos foram presos por homicídio e levados ao presídio regional de Criciúma

Por Oeste Mais

29/01/2020 10h53 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Um homem de 32 anos foi morto a facadas em Içara, no Sul catarinense, na tarde de terça-feira, dia 28. Segundo a Polícia Civil, o padrasto e o tio da vítima foram presos suspeitos do homicídio. Um desentendimento familiar teria motivado o crime.

 

O caso ocorreu no início da tarde desta terça-feira, no Bairro Boa Vista na casa onde a família morava. O padrasto teria agredido o enteado de 32 anos com auxílio do cunhado. Segundo a Polícia Militar, uma faca foi usada nas agressões. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Os dois homens fugiram e foram presos logo depois na praia de Torneiro, na cidade de Balneário Rincão.

 

Em depoimento à Polícia Civil, o padrasto, de 57 anos, alegou que estava tentando defender a mulher, que era agredida pelo filho. No entanto, a mãe desmentiu o marido, mas ele manteve a versão, conforme informações da polícia. Já o tio da vítima, de 49 anos, alegou que tinha sido agredido pelo sobrinho com uma martelada na cabeça.

 

Os dois foram presos por homicídio e levados ao presídio regional de Criciúma. Eles não possuem antecedentes criminais. A possível faca usada no crime não foi encontrada pela polícia.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.