Operação contra quadrilha acusada de assaltar banco é realizada em Chapecó e outros município de SC

Buscas e prisões também ocorrem nas cidades de Apiúna, Indaial e Blumenau

Por Oeste Mais

29/01/2020 11h27 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Operação foi deflagrada nesta quarta-feira (Foto: Polícia Civil)

Uma operação da Polícia Civil de Santa Catarina foi deflagrada na manha desta quarta-feira dia 29, para cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva contra líderes de uma facção criminosa envolvida no assalto ao banco Bradesco, no município de Apiúna (SC).

 

As buscas e prisões estão sendo realizadas nas cidades de Apiúna, Indaial, Blumenau e Chapecó. O trabalho envolve a Delegacia de Polícia Civil de Ascurra e tem o apoio operacional da Delegacia de Indaial, das Divisões de Investigação Criminal de Blumenau e Chapecó, do Saer/Fron (Serviço Aeropolicial de Fronteira) e do DEAP.

 

A operação foi batizada de “Saque-Recusado”. A Polícia Civil deve dar mais detalhes sobre a ação no decorrer desta quarta-feira.

 

Assalto

 

O assalto cometido no Bradesco de Apiúna ocorreu no dia 17 de dezembro de 2019. Armados, os bandidos deram vários tiros e fizeram reféns. Um deles foi levado sobre o capô do veículo na fuga dos criminosos e liberado após alguns quilômetros em uma esquina da BR-470.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.