Cerca de R$ 200 mil são roubados de passageiros em assalto a ônibus na BR-153

Vítimas foram obrigadas pelos criminosos a ficar sem roupas durante a ação neste domingo

Por Redação Oeste Mais

25/11/2019 09h21 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Criminosos balearam dois motoristas durante a ação (Foto: Redes Sociais)

Cerca de R$ 200 mil foram roubados das vítimas assaltadas por uma quadrilha fortemente armada no início da tarde deste domingo, dia 24, na BR-153, na altura da comunidade de Campina da Alegria.

 

Dois ônibus com sacoleiros de Chapecó, Xaxim e Xanxerê foram abordados pelos bandidos por volta das 13h30. Os criminosos estavam armados com fuzis e pistolas. Os dois coletivos, com placas de Chapecó, foram levados para uma estrada de terra, às margens da BR-153, onde houve a ação da quadrilha.

 

Os bombeiros de Catanduvas encaminharam para atendimento no Hospital São Terezinhab em Joaçaba os dois motoristas que foram baleados. Um deles, de 47 anos, foi atingido na cabeça por um disparo. Os socorristas fizeram a contenção da hemorragia e depois encaminharam a vítima estável ao hospital. Outro motorista, de 43 anos, também foi socorrido com ferimentos nas nádegas. Ele estava consciente e com quadro clínico estável.

Capsulas deflagradas foram recolhidas no local (Foto: Redes Sociais)

Os bandidos agiram com extrema violência e fugiram possivelmente em dois veículos de cor prata. Eles dispararam por diversas vezes contra o coletivo e a escolta armada. Os bandidos inclusive fizeram com que os passageiros ficassem sem roupas. Todos tiveram que entregar dinheiro, celulares e outros itens de valor.

 

Dos passageiros, ninguém ficou ferido, mas bastante assustados com a ação da quadrilha, que fugiu pela BR-153 e não foi localizada. A Polícia Rodoviária Federal acredita que os carros estavam com placas “frias”. Os veículos seriam um Peugeot e um Honda Civil. Uma outra testemunha relatou ter visto também uma caminhonete preta participando da ação.

 

A Polícia Militar de Concórdia e Irani foi acionada para auxiliar nas buscas, mas ninguém foi preso. Os ocupantes dos coletivos eram empresários de Chapecó, Xaxim e Xanxerê e seguiam para fazer compras em São Paulo.

Com informações da Atual FM


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.