Caixa eletrônico é explodido por criminosos em posto de combustível em Faxinal dos Guedes

Crime praticado por quadrilha ocorreu na madrugada deste sábado, com homens fugindo após a ação

Por Oeste Mais

06/04/2019 10h18 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Criminosos agiram durante a madrugada deste sábado, dia 6, em um posto de combustível no interior do município de Faxinal dos Guedes, explodindo um caixa eletrônico do Banco do Brasil que fica no local. A ação ocorreu no distrito de Barra Grande, pouco depois das 2 horas da manhã.

 

Os bandidos utilizaram explosivos para praticar o crime. Testemunhas também disseram ter ouvido tiros. Policiais do município e de outras cidades da região foram mobilizados para a ocorrência, mas os envolvidos conseguiram escapar. A Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias (IGP) foram acionados para os levantamentos no local.

Caixa eletrônico foi explodido por criminosos no distrito de Barra Grande, interior de Faxinal dos Guedes (Fotos: Joel Prudente)

Segundo a PM, o proprietário do posto de combustível, um homem de 51 anos, disse que mora em cima do estabelecimento e estava dormindo quando acordou com disparos de arma de fogo. Ele afirmou não ter conseguido identificar os veículos utilizados pela quadrilha.

 

Uma testemunha que mora perto relatou à PM que escutou disparos e saiu de casa para ver o que estava acontecendo, momento em que enxergou um Ecosport de cor prata. O veículo seguiu em alta velocidade em direção a uma estrada de chão, sentido Vargeão.

 

Enquanto as guarnições permaneciam no isolamento da área, um homem ainda disse aos policiais que um suspeito havia levado algumas munições que estavam no chão do local do crime antes da chegada da PM.

 

A polícia foi até a residência dele e encontrou uma munição de calibre 9 milímetros, intacta, além de três munições de calibre 40, também  intactas, e cinco munições de calibre 22. O homem recebeu voz de prisão e foi levado para a Delegacia de Policia Civil de Xanxerê.

 

A PM ainda encontrou no local do crime três estojos de fuzil, de calibre 5.56, dois estojos de calibre 40 e uma munição intacta de calibre 9 milímetros. O material foi entregue à Polícia Civil, responsável pelas investigações. As autoridades não informaram quanto de dinheiro foi levado pela quadrilha.








COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.