Santa Catarina tem pelo menos 13 ataques em 48 horas

Polícia Militar registrou ocorrências em seis municípios do Estado

Por Oeste Mais

01/02/2013 09h36 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Até a manhã desta sexta-feira, chegava a 13 o número de ataques registrados em Santa Catarina. As ocorrências foram registradas nos municípios de Florianópolis, Palhoça, Itajaí, Balneário Camboriú, Camboriú e Gaspar. Um homem de 23 anos foi preso e encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia. A PM apreendeu também um adolescente de 17 anos. Toda a Polícia do Estado estão em alerta para atuar no que for preciso.


O caso mais recente foi registrado por volta das 5 horas da madrugada desta sexta-feira. Uma base da Polícia Militar na Praia de Canasvieiras foi incendiada. O incêndio foi controlado pelos policiais com o extintor da própria viatura.


Um carro que estava no pátio de uma revenda de veículos foi parcialmente incendiado por volta de 1h30min desta sexta-feira, em Itajaí. No local foram deixadas escritas, com um pedaço de tijolo, as iniciais de uma facção criminosa.


Os ataques mais recentes:


O incêndio de um ônibus no Bairro João Paulo, às 22h30min de quinta-feira colocou Florianópolis no cenário da retomada dos atentados terroristas em Santa Catarina.


No mesmo horário, dois ônibus, em Palhoça foram atacados, um da APAE de Balneário Camboriú que aguarda adesivagem e teve pneus queimados, e outro, um veículo de turismo queimado próximo a garagem da empresa Jotur.


Por volta das 23h40, na SC-401, próximo à rotatória de Canasvieiras, no Norte da Ilha, dois homens armados entraram no ônibus da empresa de transporte coletivo Canasvieiras, renderam os dois funcionários e esvaziaram o veículo, que tinha poucos passageiros. O motorista, que não teve o nome divulgado, recebeu coronhadas na cabeça e o cobrador Raoni Pires teve cortes no braço.


Na estrada Dário Manoel Cardoso, na praia dos Ingleses, em Florianópolis, o passageiro do ônibus Eron de Melo, de 19 anos, foi atingido pelas chamas na altura do queixo e do pescoço e atendido na UPA Norte da Ilha, tendo que ser socorrido com emergência e transferido para o Hospital Celso Ramos.


Na Rodovia João Gualberto Soares, na localidade do Canto do Lamim, um ônibus também foi incendiado.


Os ataques recomeçaram às 22h de quarta-feira, dia 30, em Balneário Camboriú, também com um ônibus como alvo, e tiveram sequência na mesma noite em Itajaí, com uma viatura parcialmente danificada por um coquetel molotov e um bar atingido por chamas. A delegacia de Camboriú foi atacada e o local isolado depois que uma granada caseira, feita com cano de PVC, foi arremessada.


Ainda no vale, dois veículos do transporte coletivo destruídos pelo fogo, no município de Gaspar.


Foram registradas 13 ocorrências em SC*:


6 em Florianópolis 2 em Itajaí 2 em Gaspar 1 em Palhoça 1 em Camboriú 1 em Balneário Camboriú


O que foi:


8 ataques a ônibus 1 atentado à delegacia 1 base da Polícia Militar incendiada 1 carro particular queimado 1 viatura de trânsito incendiada 1 casa comercial incendiada

DC


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.