Você sabe por que o inverno te incomoda? Vai rir quando descobrir

Por Edipo Paggi

17/05/2018 09:43 - Atualizado em 17/05/2018 09:43



Aqui no Sul do Brasil começamos a sentir os primeiros sinais de que o frio está chegando e com ele vem uma imensa vontade de recolhimento, de acolhida, de internalização. Pesquisas indicam que as pessoas ficam mais deprimidas em épocas frias. Já se perguntou por quê? Particularmente eu gosto muito das épocas e regiões mais frias do ano. Sempre lidei muito bem com o inverno e desempenho uma série de atividades nesta época. Talvez seja porque para mim o recolhimento é algo natural e sempre me recordo de uma parte muito linda da minha infância. Porém, não é assim para muitas pessoas, que quando se deparam com a própria companhia acabam estranhando a si mesmas. Mas há uma explicação para isso.

 

Você precisa visitar-se mais vezes ao ano

 

Assim você não irá estranhar-se a cada vez que se deparar com a sua própria sombra. Muitas vezes diante do nosso dia a dia, conturbado, com milhares de pessoas que passam por nós a todo instante, o último ser deste universo que lembramos somos nós mesmos. Se você continuar todos os dias no automático e vendo a felicidade como se fosse uma visita passageira, é um dia a menos que você pode fazer diferente. Ao visitar-se seja carinhoso com sua alma, sirva-lhe um chá e conversem um pouco até as coisas melhorarem.



Desligue o botão do automático para fazer diferente

 

Sempre que você lembrar que ele está ligado, saia da rotina. Faça algo novo. Faça o bem a alguém que você nem conhece. Diz que sentiu falta do seu amigo quando o ver na rua e demonstre para ele o quanto ele se fez preciso nos últimos dias. Visite seu pai, sua mãe, sua irmã. Faça algo que te recorde da melhor parte da sua infância. Ouça uma música nostálgica. Tome um suco de uma fruta que você nunca tomou antes. Não deixe o frio enrijecer a sua vontade de viver. Faça diferente. Faça de você, por você e para você.

 

As lembranças do frio

 

Qual a lembrança mais forte que você tem das épocas mais frias do ano? Pode ser os dedos congelados que você odeia, pode ser a grande propagação de doenças sazonais, ou também pode ser que você se lembre do papai e a mamãe brigando numa noite muito fria. Ou quando o seu avô faleceu fazia um frio rigoroso. Não sei o que você pode ter passado, mas tenho certeza que o frio não é o culpado da sua antipatia por ele. Ele apenas te traz lembranças que você preferia ter esquecido, e está tudo certo. Não se condene por isso.

 

Não é o inverno, é você!

 

O inverno é uma ótima estação do ano para reunir as pessoas que você ama com o intuito de se divertir ao redor de uma fogueira, assando marshmallows, queijo, e no caso do pessoal do Sul, um pinhão. Não é mesmo? Com o frio baixamos a excitação diária e somos obrigados a olhar para dentro, não fuja disso, de você! É uma ótima oportunidade para conhecer-se melhor e conhecer pessoas que possam te ajudar a fazer isso. Não condene a estação do ano que mais pode te ajudar a olhar para si. Tudo está inclinado para você poder fazer as pazes consigo mesmo. Você pode fazer diferente desta vez, aproveite cada momento para resignificá-lo sempre que puder, pois hoje é diferente de ontem e não será igual amanhã.

 

Estou contigo.


Edipo Paggi

Colunista

Profissional Facilitador em Constelações Sistêmicas Familiares e Negócios segundo os ensinamentos de Bert Hellinger, pelo Instituto Ashteer do Brasil – Nelson Theston. Nossa temática está relacionada ao autoconhecimento e seu desenvolvimento, o pensamento sistêmico, as relações interpessoais e a espiritualidade livre de dogmas e religiosidade.

atendimentoedipopaggi@gmail.com


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.