Seu animalzinho de estimação é obeso?

Por Marines de Castro

18/09/2018 21:02 - Atualizado em 19/09/2018 09:35



A obesidade é uma desordem patológica caracterizada por acúmulo excessivo de gordura. É a doença mais frequente em cães e gatos na atualidade, 25% a 40% dos adultos estão com sobrepeso ou obesos.

 

Muitos tutores não percebem que seus animais de estimação estão com sobrepeso, ou obesos, em algumas situações até acreditam que gordura é sinônimo de animal saudável.

 

A obesidade é resultado de um desequilíbrio entre a ingestão e o gasto de energia. Inúmeros fatores de risco que afetam este equilíbrio foram reconhecidos, tais como o sedentarismo, aspectos ambientais, petiscos em quantidade exagerada e ou de má qualidade e a castração.  

(Foto: Dog BuddY)

Como consequências da obesidade pode-se citar os problemas ósseos como artrite, dores nos joelhos e cotovelos e risco aumentado para hérnia de disco principalmente em cães da raça Dachshund Basset e seus mestiços.

 

O controle da obesidade depende da conscientização do proprietário e de algumas mudanças nos hábitos do animal e do tutor. Uma ração de qualidade em quantidades recomendadas para a idade, atividade física e porte do animal atenderão suas necessidades nutricionais.

 

As proteínas de qualidade obtidas numa ração devidamente balanceada são necessárias para manutenção das células corporais, pele, pelagem e produção de células de defesa mantendo assim o animal sempre saudável e evitando o acúmulo de gordura.

 

Flavia Tagliari e Dra. Marines de Castro Arbo


Marines de Castro

Colunista

Medica veterinária, trabalha com cães e gatos e possui doutorado em patologia animal, a ciência que estuda as doenças.

veterinariaanimalcenter@yahoo.com.br

Mais colunistas


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.