Está faltando religiosidade em nosso povo

Por Jaime Folle

05/06/2018 20:17 - Atualizado em 05/06/2018 20:17



A nação que em menos de um século mudou de raça, idade e condição será que deixou de acreditar em Deus? O momento atual é de grande pesar e preocupação, quando vemos o povo revoltado com seus governantes e quando vemos governantes ameaçando o povo com tanques de guerra, de forma independentes e violentos. Para onde estamos indo?

 

A grande imprensa é vendida para divulgar aquilo que interessa a quem lhe paga. A impressão dada é que não progredimos, não evoluímos, e estamos revivendo antigos passados de barbárie da época do Vikings. Ao menos os Vikings tinham organizações em suas tribos!

 

Podem criticar as religiões, acredito que nenhuma religião prega a violência, o terrorismo e, mais ainda, o radicalismo irracional, esquizofrênico e criminoso de governos mal preparados que mal se elegem já esquecem do povo e a briga fica entre o candidato que perdeu com o que se elegeu e de um povo que se vende fácil à custa de migalhas para amenizar o seu sofrimento. São antigas práticas desde a época do Império Romano, mas que ainda dá certo em países como o Brasil.



Deus nos deu um córtex cerebral desenvolvido, para nos diferenciar dos animais irracionais. Porém parece que os animais irracionais são mais organizados e defendem suas nações, com respeito e igualdade e seus líderes são também respeitados como tal! Porque o ser humano evoluído não funciona da mesma maneira?

 

A resposta é simples, nós temos um criador que fez o Céu e a Terra e é a Ele que devemos obedecer e seguir, porém como de outras épocas o homem quer se sobrepor à Deus e dá no que deu no passado e vai continuar acontecendo no futuro se não inclinarmos nossas cabeças ao Criador e seguir os seus mandamentos.

 

Está faltando religiosidade ao nosso povo. Rezar mais, ir mais aos templos e nas comunidades locais. Buscar a sintonia com Deus. E por último criticar menos e olhar para dentro de si os defeitos que possui. Não posso chamar ninguém de corrupto se eu também pratico a corrupção. Não posso chamar ninguém de mentiroso se eu também minto. Não posso chamar o outro de hipócrita seu também pratico a hipocrisia. Precisamos dobrar mais os joelhos para conversar com Deus do que ouvir as falcatruas e mentiras da televisão.

 

Vamos refletir sobre isso nesta semana?

 

Até a próxima.


Jaime Folle

Colunista

Formado em empreendedorismo, é um dos mais renomados palestrantes do Sul do Brasil. Está na área desde 2005. É também escritor de vários livros.

jaimefolle@jaimefolle.com.br


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.