Cinco atitudes para se aproximar do seu pai — mesmo que seja difícil para você

Por Edipo Paggi

13/04/2018 09:33 - Atualizado em 13/04/2018 13:33





Para quem conhece a Constelação Familiar sabe que ela é capaz de nos trazer uma visão ampliada das relações humanas e familiares.

 

Muitas dificuldades que passamos atualmente podem ser frutos de emaranhamentos gerados por acontecidos do passado e que você pode estar carregando inconscientemente cargas desnecessárias, mesmo sem saber.

 

Com este texto quero te apresentar formas de você se aproximar de seu pai, mesmo que pelos inúmeros motivos que possam estar afastando vocês dois, você possa escutar o seu coração para seguir mais uma vida menos pesada. Vamos lá?

 

1 – Respeite e honre primeiramente você e a sua história

 

Ela torna a pessoa que você é. Todas as tuas qualidades foram forjadas diante de muitas dificuldades encontradas no caminho, certo? Se tivesse sido tudo diferente é provável que as coisas negativas que te aconteceram, de fato não aconteceriam, assim como as positivas também não. O seu parceiro, o amor de seu filho, a viagem dos sonhos, o emprego tão almejado, nada disso teria acontecido!

 

2 – Aceite seu pai como ele é. Prometo que não vai doer

 

Aceitar o seu pai como ele é, é aceitar a SUA própria força, sua estrutura interna, o que te mantém em pé, o que te faz levantar todas as manhãs, o que te torna o Ser mais persistente já visto. Aceitar o seu pai como ele é por inteiro, não fará de você uma pessoa fraca, ou apagará os acontecimentos do passado, apenas te libertará para seguir em frente com toda a força que pertence a você e te libertará do posto de juiz da sua família, que é algo extremamente pesado para quem é apenas um filho.

 

3 – Você no lugar dele não teria feito melhor

 

Mais uma grande sabedoria que a constelação nos traz.  No momento em que você compreender que no tempo dele, nas circunstâncias ofertadas, com todos os acontecimentos do passado foi o melhor que ele conseguiu fazer por ti, você pode considerar-se uma pessoa liberta e em harmonia. Os pais escondem muitas coisas dos filhos para poupá-los de incômodos (normal de pai) e as vezes os filhos entendem isso como omissão e não como forma de proteção. Talvez se você conhecesse melhor a trajetória dele até aqui, com certeza você teria menos da metade da cobrança que possui.

 

4 – De filho para pai

 

Qual foi a relação do seu pai com os pais dele? Já se fez esta pergunta? Muitas vezes seu pai tem atitudes como as atuais pois na criação dele também foi difícil e não poderia ser diferente. Se você olhar para ele como um ser humano que antes de ser pai, também já foi filho, é possível que você compreenda melhor as atitudes dele e que não é por acaso que as coisas são como são.

 

5 – Não é errado você ser assim

 

Está tudo certo. Certamente quanto maior sua cobrança, mais carência você possui dele, estou certo? Você também sente raiva, as vezes desprezo, as vezes sentimentos incompreendido que te fazem ter atitudes esquisitas, correto? É simplesmente a forma que a sua criança interior encontrou para dizer que você sente falta dele e que o ama muito. Você não é uma má pessoa por amar tanto alguém. Aceite seu pai como ele é e viva a vida como ela se apresenta para você!

 

Ainda é tempo de recomeçar. Um abraço do Edipo.


Edipo Paggi

Colunista

Profissional Facilitador em Constelações Sistêmicas Familiares e Negócios segundo os ensinamentos de Bert Hellinger, pelo Instituto Ashteer do Brasil – Nelson Theston. Nossa temática está relacionada ao autoconhecimento e seu desenvolvimento, o pensamento sistêmico, as relações interpessoais e a espiritualidade livre de dogmas e religiosidade.

atendimentoedipopaggi@gmail.com


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.