Você conhece os três principais tipos de mães? Confira


Por Edipo Paggi

07/05/2022 11h15



Uma coisa é certa, nesta vida, uma das energias mais importantes da criação é a energia maternal. Nela reside todo o amor, força vital de que necessitamos para viver. Esta energia é única e especial, doce e acolhedora, mas não necessariamente ligada a um estereótipo feminino do que é ser uma “mãe certa”. E por conta disso, muitas mulheres acabam negando esta força interior tão fundamental para a vida delas e das pessoas, e isso acontece justamente por se sentirem pressionadas a corresponder expectativas da sociedade no momento de “cumprir o papel de mãe”. Nesta coluna me detenho a incluir alguns tipos de mães que já passaram pelo meu consultório e talvez você possa se identificar com algumas.

 

■ A mãe coruja: Passam anos cuidando dos filhos, mesmo depois de adultos.

 

Esta mãe detém-se a destinar a maior quantidade de cuidado e amor que um filho poderia receber. Está ligada intimamente à necessidade de salvar seus filhos e pode por vezes acabar sendo mal-interpretada por suas atitudes. Esta mãe não consegue dormir enquanto não souber como estão seus filhos, por isso são chamadas de “corujas”.

 

Pontos fortes: Cuidado, amor, afeto, carinho, nutrição.

 

Pontos fracos: Controladora ao extremo, atitudes sufocadoras.

 

Ponto de equilíbrio: Abençoar o caminho e as decisões de seus pródigos com bons olhos com sentimento de “missão cumprida”.

 

■ A mãe chocolate “Sensação®”: Dura por fora e doce por dentro.

 

Esta você dificilmente vai ver se debruçar perante às adversidades da vida. São elas que colocam todos à sua volta para se mover e trabalhar. É a mãe que sabe que a dureza faz parte da vida e por isso não espere que ela conte histórias “para boi dormir” na intenção de apaziguar as coisas. Esta mãe já chorou baixo para você não a ouvir no momento em que te disse NÃO. É a mãe realista que talvez não demonstre carinho com abraços e beijos mas que te ama infinitamente e está de olho em você mesmo sem você saber. É uma mãe que se virou com as adversidades da infância muito cedo e por isso tem dificuldade de dar e receber carinho.

 

Pontos fortes: Direcionamento, foco, disciplina, realidade

 

Pontos fracos: Dureza, severidade, emoções travadas, rigidez e perfeccionismo.

 

Ponto de equilíbrio: Direcionar sem tencionar em suma importância, com amor e acolhimento!

 

■ E temos a SUA MÃE: A que reúne parte da Coruja e a Sensação® em uma só e mais um pouco.

 

Pouco compreendida por ser ela mesma, uma mãe simples e real. Existem pessoas que sofrem uma vida inteira fantasiando como seria ter outra mãe, na esperança de não ter que lidar com a própria vida e suas escolhas. Sendo que essa mãe tem tudo o que você precisa para viver. Uns gostariam de uma mãe mais carinhosa e acolhedora, outros, no entanto, uma mãe menos pegajosa e controladora, mas esquecem que as imperfeições maternais são preenchidas pela tua responsabilidade na vida adulta. Em outras palavras, é nosso dever como filhos tomar aquilo que recebemos dos nossos pais e construir a nossa vida.

 

É um caminho árduo para alguns pensar dessa forma, mas devemos abrir mão das expectativas de nossa mãe e nos liberar das expectativas dela para seguirmos em frente. Aqui encontramos um caminho para a cura das nossas relações.

 

Feliz Dia das Mães para todas as mães que possam existir, em especial às comuns, que por serem comuns se tornam tão especiais!

 

Um feliz Dia das Mães especialmente à minha mãe Nely, coruja, neste caso! Te amo.

Edipo Paggi

Profissional Facilitador em Constelações Sistêmicas Familiares e Negócios segundo os ensinamentos de Bert Hellinger, pelo Instituto Ashteer do Brasil – Nelson Theston. Nossa temática está relacionada ao autoconhecimento e seu desenvolvimento, o pensamento sistêmico, as relações interpessoais e a espiritualidade livre de dogmas e religiosidade.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.