Os malefícios de um erro


Por Jaime Folle

18/07/2021 09h27 - Atualizado em 18/07/2021 09h27



Como somos rápidos para rotular uma pessoa, um governante, um treinador, um esquema ou um trabalhador que foi sempre honesto em uma vida inteira e por um simples erro é apagada toda a sua trajetória! Apaga-se a história de alguém com uma frase, como se a vida fosse construída em alguns dias ou em algumas horas.

 

Não estou defendendo os erros, pois ele faz parte da vida de qualquer ser humano, porém segmentos da nossa sociedade não perdoa, e uma história de acertos e de sucesso pode ser levada por água abaixo ao cometer um simples deslise. Um pênalti no futebol só erra quem bate e na vida só erra quem assume responsabilidade e tem atitude de enfrentamento. 

 

Poucos dão valor as coisas boas que os líderes e as pessoas de atitude fazem, mas condenam veementemente por um simples erro que cometem, pois os hipócritas que fazem isso acabam também errando nos próprios erros que condenam.

 

A grande maioria que faz isso, não está inserida no contexto de responsabilidade, por vezes usam até artimanhas estratégicas para tirar proveito de situações em benefícios próprio, condenando a trajetória de pessoas de bem, que doaram uma vida em benefício da sociedade e acabam sendo condenados por um erro e em muitos casos só porque foram verdadeiros e honestos em suas decisões.

 

Vivemos uma realidade no mundo de um verdadeiro engano universal, onde bandidos, são muitas vezes mais bem tratados e valorizados do que os honestos e benfeitores que ganham espaço, se jogar de acordo com os interesses de quem os procura.

 

Uma sociedade que não consegue aprender com seus próprios erros é uma sociedade condenada a nunca melhorar seu padrão de vida, por isso existem muitas comunidades, que estão na miséria e na pobreza uma vida inteira e não conseguem aprender com seus erros porque a sua forma de viver é olhando os erros dos outros e não os seus, isto é: olha pra fora e não olha para dentro. O que é diferente de quem fez tudo certo uma vida inteira e é condenado por um simples erro.

 

Gostaria de que fizéssemos esta reflexão nesta semana e pensar o quanto estou condenando os erros dos outros e quanto estou olhando para os meus próprios, e quanto estou sendo um líder de atitude para ajudar a comunidade em que vivo.

 

Até a próxima.

Jaime Folle

Formado em empreendedorismo, é um dos mais renomados palestrantes do Sul do Brasil. Está na área desde 2005. É também escritor de vários livros.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.